Breves — 28 Julho 2010

O bem conhecido dos portugueses pelos seus trabalhos para o extinto Ballet Gulbenkian (e também para a Companhia Nacional de Bailado) coreógrafo valenciano Nacho Duato, que se demitiu da direcção da Companhia Nacional de Dança (CND), sedeada em Madrid (Espanha), vai dirigir a companhia de bailado do teatro Mijailovski em São Petersburgo.
De acordo com um jornal russo será assinado um contrato com uma duração de cinco anos e começar no início de Janeiro de 2011.
Para o mundo da dança foi uma notícia inusitada já que, pela primeira vez em mais de cem anos desde os tempos do marselhês de Marius Petipa, uma companhia russa será dirigida por um estrangeiro.
Após vinte anos à frente da CND, tendo-lhe conferido um cunho e uma personalidade muito particulares, Nacho Duato faz as suas despedidas da CND justamente no emblemático Teatro Bolshoi, com a peça ‘Multiplicidade. Formas de Silêncio e Vazio’, obra que presta homenagem ao compositor alemão Johann Sebastian Bach, e na qual ainda faz questão de dançar.
Há pouco tempo Duato anunciara em conferência de imprensa, em Moscovo, a sua saída, tendo, em simultâneo, feito duras críticas ao Ministério da Cultura espanhol ao declarar que "aos seus funcionários não lhes importa a dança, em absoluto".

Related Articles

Share

About Author

Antonio Laginha

(0) Readers Comments

Comments are closed.