Pingos de Dança — 20 Novembro 2007
foto Laginha - e o resto é silêncio -     COIMBRA - foto BOA
“A dança pode revelar todo o mistério que a música esconde.”
Charles Baudelaire

 

Tudo o que faço no mundo
Sem eu o fazer é feito
Baila a vida em liberdade
Sobre o nada em que me deito

Agostinho da Silva in “Quadras Inéditas”

 

“A arte é tudo, tudo o resto é nada”
Eça de Queirós

“Não conquistes o Mundo e percas a alma. A sabedoria é mais valiosa que o ouro e a prata”
grafitti no metro de NYC

“A dança é a mãe de todas as Artes”

Curt Sachs (1901-1959)

 

“O ritmo, a respiração, os sentidos, a imaginação, o corpo, as emoções, as sensações, a criatividade, nós, os outros… Deixar sentir para fazer dançar”

Alexandra Battaglia

“Sentindo frio na minha alma convidei-te para dançar”

autor anónimo

“Técnica é naquilo em que se cai quando se esgota a inspiração”

Rudolfo Nureyev (1938-1993)

“Depois das actividades que asseguraram aos primeiros povos as necessidades materiais básicas – alimentação e abrigo – a dança veio logo a seguir. É o primeiro escape para a emoção e o início das artes…”
Sheldon Cheney (1886-1980)

“Inspiração é para os jovens.
A necessidade, mais do que a inspiração, é a fonte de toda a coreografia”
George Balanchine (1904- 1983)

“(…) nas nossas vidas todos temos sempre ideias para o futuro, contudo, verificamos que, depois, as coisas acabam por não acontecer como planeámos.
É exactamente o que se passa na dança, quando se trata de improvisar. Podemos ter muitas ideias préconcebidas mas o resultado do acto de improvisar é diferente de espectáculo para espectáculo, dependendo do clima interior e das condições exteriores do momento”
Michael Schumacker (1967)

“(…) Nem só virtuosismo escolástico pois sem coração não há arte, nem só inspiração plástica, pois sem técnica não há estilo: fusão estética do corpo e da alma (…)”
Margarida de Abreu (1915-2006)

“O classicismo é intemporal porque é impessoal”

George Balanchine (1904- 1983)

“Cada dia que se passou sem dança foi um dia desperdiçado”
Friedrich Nietzche (1844-1900)

“As crianças cantam antes de falar e dançam antes de caminhar.
A música povoa, desde logo, os nossos corações”

Pamela Brown (1928)
Foto

“Os bailarinos são um misto de soldado, gladiador e matador.
Eles possuem a disciplinada coragem dos primeiros, a audácia bruta dos segundos e a ‘finesse’ dos últimos”
José Limón (1908-1972)

Foto

“A dança é um arco entre duas mortes”
Doris Humphrey (1895-1958)

Foto: @ CNB<br /><br /><br /><br />
Sonho de uma noite de Verão _ Pack

“Relações familiares são impossíveis de dançar.
Também não se dança a psicologia. Dançam-se corpos. A dança não é coisa de palavras mas sim de imagens. Também as flores não necessitam de palavras porque são bonitas sem elas. Nós existimos e esperamos ser belos sem palavras”

George Balanchine (1904- 1983)
Foto: Sylvie Guillem dans "Boléro". De Maurice Béjart

 

“Podemos julgar um rei pelo estado da dança no seu reino”
provérbio chinês
Foto: By Daan Noppen

 

“A dança representa a vida porque a vida é um ritmo, o do coração. A dança é inseparável do ritmo. Ela interpreta a nossa existência na medida em que representa todos os ritmos e todas as pulsações humanas”
Maurice Béjart (1927-2007)

Foto: Ballet San Jose danseurs Damir Emric et Shannon Bynum. © Quinn Wharton Photographie

“O meu bailarino preferido é o norte-americano Fred Astaire. Ele é o mais interessante, o mais inventivo e o mais elegante bailarino do seu tempo”
George Balanchine (1904- 1983)

Foto: Guillaume Côté (bottom), National Ballet of Canada<br /><br /><br /><br />
       Marcelo Gomes, American Ballet Theatre<br /><br /><br /><br />
           Kings of the Dance,

“O bailarino é um orador que fala uma linguagem muda”
Igor Stravinsky (1882-1971)

“A essência de qualquer arte é ter prazer em dar prazer”
Mikhail Baryshnikov (1948)

“A dança é o eterno renascimento do Sol”

Isadora Duncan (1878-1927)

 

“O bailado clássico é uma coisa puramente feminina: a mulher é um jardim com as mais belas flores e o homem o seu jardineiro”

George Balanchine (1904- 1983)

Foto: Margie Gillis ; photo Loïs Greenfield 1995.

“A dança é um gráfico do coração”

Martha Graham (1901-1985)
Foto: Andrew Pacho, Flipper Hope, Harrison Beal, et Chris Harrisson. Photo Loîs Greenfield. 1993.

 

“Quem conhece a Dança, vive em Deus”

Ronni

Foto: Boston Ballet La Bayadère.<br /><br /><br /><br />
Schiavone photo Gene (c).

“Dança com a cabeça”

Anna Pavlova (1881-1931)
Foto: Margot Fonteyn.

 

“Coloque-se um homem e uma mulher em cena e temos uma história; um homem e duas mulheres e temos um enredo”
George Balanchine (1904- 1983)

Foto

“A mais pura expressão de um povo reside nas suas danças e na sua música. Os corpos nunca mentem”
Agnes de Mille (1905-1993)

Foto: par Gert Weigelt

“Todo o ser humano transporta em si um bailarino”

Rudolfo van Laban (1879-1958)

 

Foto: Ballet Austin 4 ème Biennale de New Talent américain / Dance 2012  Photographie: Tony Spielberg

 

“A dança, sob todas as formas, não pode ser excluída de uma educação nobre.
É preciso saber dançar com os pés, com as ideias e com as palavras e é necessário também saber fixá-la com a caneta”

Friedrich Nietzche (1844-1900)

Foto: Noëlla Pontois avec Noureev dans le Lac des Cygnes by Francette Levieux.

 

“A dança é a uma canção do corpo, quer seja de alegria ou de dor”

Martha Graham (1901-1985)

Foto: Fred Astaire.</p><br /><br /><br />
<p>Rudolf Nureyev :<br /><br /><br /><br />
Ce qui était si extraordinaire chez Fred, c'était sa musicalité, son agilité. Il incarnait la musique dans ses films. Il inventa son propre rythme, imposa sa version de la musique.

“A ordinarice bem calculada (no teatro) é um ingrediente muito útil”

George Balanchine (1904- 1983)

Foto: Pontus Lidberg Danse Faune.<br /><br /><br /><br />
© Erin Baiano.

“A dança é uma coisa de músculos e tempo”

MC (1955)

Foto: Le Ballet National de Marseille :<br /><br /><br /><br />
- Les Nuits d’été (Chorégraphie de Thierry Malandain)

“Ninguém aprendeu a dançar por osmose, encostando-se a um bailarino, ou por infiltração, sentando-se em cima de um livro de dança”
“O tempo alimenta a experiência e modela as mentes. A integridade funciona como o fiel da balança”
“Sem investimento físico e intelectual, sério e consistente, não há bailarinos nem coreógrafos dignos desse nome”
“O conceito de ‘geração espontânea’ não se aplica à dança, pois estamos em presença de uma arte que vive do corpo, um instrumento que não se compra na loja já afinado e pronto para tocar”

MC (1955)
Foto: Lucia Lacarra

“Dançar é tomar parte do controle cósmico do Mundo”

Havelock Ellis (1859-1939)

Foto: Isadora Duncan</p><br /><br /><br />
<p>(San Francisco, 1878 - Niza, 1927) Bailarina norteamericana. Hija de un matrimonio desunido y finalmente divorciado, su instinto la inclinó hacia el baile desde niña. En su autobiografía, titulada Mi vida, escribió: "Nací a la orilla del mar. Mi primera idea del movimiento y de la danza me ha venido seguramente del ritmo de las olas..." A los diez años abandonó la escuela para dedicarse a su pasión y a los diecisiete se dirigió a Nueva York, donde se incorporó a la compañía de Agustin Daly.

“O ‘plié’ matinal para um bailarino é como o sinal da cruz para um católico”

Rudolfo Nureyev (1938-1993)

A dança é a expressão vertical de um desejo horizontal

anónimo

Foto: Ailey II's Jenna Graves and Gentry George. Photo by Eduardo Patino, NYC

Quando um bailarino desaparece na Terra, o Ceu ganha mais uma estrela cintilante !

 

Foto: Danses et mouvements.Chinoise Bodhisattva Dance - Guan Yin - Des milliers de mains

“Façamos da interrupção um caminho novo.
Da queda um passo de dança,
do medo uma escada,
do sonho uma ponte, da procura um encontro!”

Fernando Sabino

“Não é o ritmo nem os passos que fazem a dança
Mas a paixão que vai na alma de quem dança.”

Augusto Branco

Dança

Eram a delicadeza, a graça.
Mas também a fúria
da gataria ardendo nos telhados.

São jovens e dançam – formosos
como as dunas, os trigos, os cavalos.

Eugénio de Andrade (1923-2005)

To a Green God

Trazia consigo a graça
das fontes quando anoitece.
Era o corpo como um rio
em sereno desafio
com as margens quando desce.

Andava como quem passa
sem ter tempo de parar.
Ervas nasciam dos passos
cresciam troncos dos braços
quando os erguia no ar.

Sorria como quem dança.
E desfolhava ao dançar
o corpo, que lhe tremia
num ritmo que ele sabia
que os deuses devem usar.

E seguia o seu caminho,
porque era um deus que passava.
Alheio a tudo o que via,
enleado na melodia
duma flauta que tocava.

Eugénio de Andrade (1923-2005)

 

serenade

Canto, pratico a música e forjo artistas. Logo existo !

Fidel Castro

massine

 

Dança primeiro e pensa depois. É a ordem natural das coisas.

Samuel Becktett

ISR - FBL

Dá-me tua mão e dançaremos;
dá-me tua mão e me amarás.
Uma única flor seremos
uma só flor e nada mais… A mesma estrofe cantaremos,
ao mesmo passo bailarás.
Como uma espiga ondularemos
como uma espiga e nada mais…

Chamas-te Rosa, eu Esperança;
mas o teu nome olvidarás,
porque seremos uma dança
sobre a colina e nada mais…

Gabriela Mistral

 

 

Related Articles

Share

About Author

Antonio Laginha

(0) Readers Comments

Comments are closed.