BEATRIZ CONSUELO: BALLERINA BRASILEIRA (1931-2013)

BEATRIZ CONSUELO: BALLERINA BRASILEIRA (1931-2013)

consuelo[1]

Beatriz Consuelo, nasceu no estado brasileiro do Rio Grande do Sul, em 1931, e faleceu na Suíça dia 7 de Março de 2013.

Antiga primeira-bailarina do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde entrou em 1947, transferiu-se para para o Grand Ballet du Marquis de Cuevas em 1953, no qual seria nomeada “étoile” em 1959. Bailarina de renome internacional, foi também primeira bailarina e directora da Ópera de Genève, cidade onde faleceu aos 81 ano, no Centro Médico Arénières.

Dançou em Portugal pela última vez (em Lisboa, no Teatro Tivoli) em Abril de 1967, o papel de Fanny Cerrito no Grand Pas de Quatre, numa remontagem de Anton Dolin, ao lado de Anna Mascolo, Maina Guielgud e Carmen Mathé.

Apresentou-se ao lado de bailarinos como Rudolfo Nureyev, Serge Golovine, Nicholas Polajenko e Wladimir Slouratoff, entre outros.

Co-directora com Alfonso Tasting da  École de Danse du Grand Théâtre of Geneva, fundada por George Balanchine em 1969, era uma renomada professora de dança clássica. Foi fundadora e  directora do Ballet Junior de Genève de 1980 ate 1999.

Mãe do bailarino Frédéric Gafner, antigo elemento da Companhia de Merce Cunningham.

 

Published by Antonio Laginha

Autoria e redação

António Laginha, editor e autor dos textos da Revista da Dança escreve como lhe ensinaram antes do Acordo Ortográfico de 1990.

error: Content is protected !!